Bombas Dosadoras

As bombas dosadoras EMEC são construídas com microprocessadores que medem continuamente a tensão de operação, garantindo a mesma pulsação. Elas possuem regulagem de vazão através da variação da frequência e podem também ter regulagem através do curso do pistão.
Possui corpo em acrílico, PVDF, inox e PP; cabeçotes em PP, PVDF, PVC, Inox e PPMA; e diafragma em PTFE. As válvulas de retenção são de dupla esfera, que podem ser de cerâmica, vidro, PTFE ou inox.

Bomba dosadoras séries F/FMS (Série Vertical)

Bomba com dupla regulagem de vazão: frequência de pulsação e curso do pistão. Ampla possibilidade de controle como divisão e multiplicação dos pulsos, entrada analógica 4-20mA, mV e V; timer acionado através de sinal digital externo. Sincronização da frequência de rede para dar sempre a mesma potência ao magneto, assegurando mais precisão de dosagem e maior vida útil.Vazões de 0,15 a 23 litros/hora e com pressão de trabalho de até 12 bar.

Modelo F

modelo_f

Painéis de controle dos modelos F podem conter:

CO: regulagem da frequência de pulsação.

CL: regulagem da pulsação com controle de nível.

IC: regulagem da vazão proporcional a um sinal analógico (4-20mA), com controle de nível.

IS: regulagem de vazão proporcional a um sinal digital (a cada sinal corresponde uma injeção da bomba), com controle de nível.

PV: regulagem de vazão proporcional a um sinal digital com divisão dos pulsos de entrada, com controle de nível.

PVM: regulagem de vazão proporcional a um sinal digital com divisão e multiplicação dos pulsos de entrada, com controle de nível.

PDR: regulagem com tempo-trabalho e tempo-pausa.

TE: ajuste proporcional temporizado (0s-60s) com início através de sinal digital externo com controle de nível.

Modelo FMS

modelo_fms

Painéis de controle digitais dos modelos FMS podem conter:

EXT: regulagem proporcional a um sinal analógico e digital com controle de nível.

PH: controle proporcional para leitura de pH (0-14), com controle de nível.

RH: controle proporcional para leitura e controle do potencial redox (0-1000mV), com controle de nível.

EN: com timer semanal, controle de nível e comando de válvula solenoide.

CD: regulagem proporcional para leitura e regulagem da condutividade (0-20mS), com controle de nível, completo com sonda de condutividade e compensação automática de temperatura.

CDT: regulagem proporcional para leitura e regulagem da condutividade (0-20mS) para torre de resfriamento, com ponto de intervenção ON/OFF e regulagem de histerese. Completo com sonda de condutividade e compensação automática de temperatura.